Memórias

Lembro que sempre fui fã de fotografia, desde pequeno me sinto por ela atraído. Tenho um tio que também gosta do negócio e eu quando era criança viajava em suas revistas sobre o assunto, ficava maravilhado com as luzes, com as sombras, com os retratos, as paisagens, os equipamentos, as reportagens, tudo…

Acho que foto é o registro do que o fotógrafo está sentindo. Eu posso fotografar uma criança brincando e querer selecionar apenas as imagens que mostram-na séria ou pensativa sobre qual brinquedo pegar em determinado momento. Em outro dia a seleção pode acontecer em cima das fotos em que a criança mostra aquelas famosas e gostosas gargalhadas. Percebem a diferença? Em duas cenas semelhantes eu posso num dia sentir-me atraído pela seriedade de uma criança e noutro pelas suas gargalhadas.

Tem dias que não me sinto bem e portanto não sinto vontade nenhuma de fotografar, por mais bonito que possa estar o nascer do sol visto de minha janela, o que é maravilhoso. Em outros dias até um céu nublado pode se mostrar bonito para mim, como acontece nesse exato momento em que escrevo o post.

Recentemente comprei uma nova câmera digital, uma Nikon D3000, uma das mais simples câmeras DSLR. Mas, que me atende perfeitamente, visto que sou apenas um amante da fotografia e, por enquanto, um amador na área. Modéstia à parte, tenho um bom “olho fotográfico” e gosto tanto de fotografar que pra onde eu olho me pergunto se o que vejo daria uma boa fotografia…. pessoas, paisagens, objetos, animais, arquiteturas, céu, terra, veículos…. rs… tudo poderia dar uma boa fotografia.

Há muito ainda o que aprender, muito. Mas, vontade e material pra estudar já tenho. Portanto, será questão de tempo eu registrar em meu Flickr inacreditáveis “shots” e talvez isso vire um projeto também… 😉

O vídeo abaixo, que vi no MeioBit, mostra um pouco da importância que tem a fotografia pra mim.

Tags:

Gostou? Compartilhe!

Um comentário para “Memórias”

  1. […] blog aqui a sério. Recentemente decidi levar a sério e tomar a fotografia como hobby e comprei, como já disse aqui, um bom […]

Deixe um comentário