Onde está sua atenção?

Hoje fiquei feliz ao ouvir de uma colega de trabalho a simples frase:

– Paulão, obrigado pelas suas palavras ontem. Me fizeram muito bem.

Fiquei feliz por ter feito bem a alguém e também por, ao falar com ela a respeito de algo que a incomodava, também me ouvi.

A conversa tem a ver com o foco que damos às coisas que estão ao nosso redor. Digo, como enxergamos, compreendemos ou encaramos essas coisas.

Na maioria da vezes, talvez devido a nossa natureza humana, prestamos mais atenção naquilo que é ruim: notícias sangrentas no jornal; detalhes da separação dos vizinhos; a doença que matou fulano e por aí vai. É comum.

A conversa com minha colega teve a ver com escolhas: ou escolhemos focar no que está ruim à nossa volta ou mudamos o foco para aquilo que é bom ou que podemos mudar, melhorar. Mais ou menos isso. Não há família perfeita, escola ou faculdade perfeita, trabalho perfeito, casamento perfeito. Portanto, onde deve estar nosso foco? Naquilo que é ou está ruim ou naquilo que há de bom ou bonito?

Eu sei, não duvide, eu sei que é fácil falar.

Tags: , ,

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário