Paciência

Definição número 1 para “paciência”, segundo o Priberam:

“1. Capacidade de tolerar contrariedades, dissabores, infelicidades.”

Longe de mim a intenção de ser um pensador, um filósofo ou um observador do comportamento humano… mas às vezes realmente fico surpreso (comigo mesmo, constantemente) ao ver que nos deixamos emputecer (não me arrisquei a consultar o Priberam nessa) com coisas que certamente são merecedoras de nossa paciência.

Em todas as organizações existem as pessoas extremamente comprometidas e as impunemente relaxadas. Consequentemente estas dão motivos para qualquer um “sair da linha”. Mas, vai resolver o problema ficar o dia inteiro reclamando, bufando na frente do computador, soltando um “Ooooh Meu Deus, de novo fizeram essa cagada”?

Além de não resolvê-lo, o mau humor nos cega para tentarmos matar o incompetente que fez a cagada sugerir algo para que o problema não se repita.

E fora do trabalho? Adianta tentar mudar o comportamento dos que são mais experientes que nós? Adianta ficar batendo cabeça, arrumando confusão ao tentar defender o nosso ponto de vista contra quem tem décadas de anos a mais que nós? Perda de tempo… e também de paciência.

Às vezes aprendemos mais sobre nós mesmos aceitando que não podemos mudar tudo e todos à nossa volta. E o auto conhecimento tem um valor inestimável.

Tags: , ,

Gostou? Compartilhe!

Um comentário para “Paciência”

  1. Olha…e como eu tenho tentado aprender com essas coisas que TB acontecem na minha vida.
    Na verdade, eu mesmo tenho que aprender com o que digo para os outros (vc bem sabe!). É isso, aplicar na minha própria rotina.

Deixe um comentário