Uma outra visão

Eu vi o vídeo deste post no Gizmodo Brasil e na descrição que lá consta há uma referência sobre o filme nos fazer ver o mundo com uma outra visão. É bem interessante ver as gotas de água caindo em uma velocidade extremamente baixa. Realmente nos faz ver coisas que nossos olhos não vêem e isso impressiona, surpreende.

Mas, e quando nossos olhos vêem coisas muito claras, que não precisam ter sua velocidade alterada e mesmo assim não nos surpreendemos ou nos maravilhamos com o que estamos vendo?

Hoje fiz meu primeiro dia de caminhada na praia. Após assumir novos riscos, decidi mudar de rotina, principalmente aquela relacionada com a minha saúde, tanto física quanto mental. E foi interessante, porque em uma velocidade normal, sem alteração, percebi a beleza do dia amanhecendo; admirei a beleza de minha namorada; “senti” a cidade acordando; os velhinhos caminhando na praia (alguns com alongamento infinitamente maior que o meu. #fail); o sol brilhando; um navio se movimentando; cães “felizes” por estarem passeando com seus donos; bebês em carrinhos sem preocupação nenhuma com esse mundão louco, a não ser com a próxima “peitada“… enfim, não precisamos de vídeos feitos com fotografia que captura movimentos de milhares de quadros por segundo para termos outra visão do mundo.

Podemos mudar nossas mentes, controlar o que pensamos. E mudar nossas atitudes.

Tags:

Gostou? Compartilhe!

Um comentário para “Uma outra visão”

  1. Mila says:

    Gostei 🙂

Deixe um comentário